Cursos de Francês

CURSOS DE FRANCÊS (em Lisboa)

Nós sabemos que aprender Francês pode não ser uma tarefa fácil!

Mas também sabemos que o podemos ajudar!

O Lisbon Language Café utiliza um método de ensino-aprendizagem que assegura ao aluno uma compreensão do idioma sem perda de tempo.

Connosco vai começar a falar o idioma desde o primeiro dia de aulas (níveis A2 e B1), utilizando a nova língua como meio de comunicação exclusivo.

O processo flui da mesma forma que a aprendizagem da língua materna, as assimilações surgem de forma gradual.

Na maioria das escolas de línguas, os estudantes FALAM E OUVEM 25% da aula e nos RESTANTES 75% preocupam-se em copiar o que o professor escreve ou explica.

Com o nosso método, os alunos ouvem e falam durante toda a aula, o que contribui para uma aprendizagem mais rápida e divertida!

Gramática: É mesmo necessária? 2 ideias fundamentais!

Sim e Não!
SIM quando os alunos estão a começar de um nível bastante baixo. Neste contexto temos que ensinar as bases do idioma (níveis A1).
NÃO quando os alunos já têm algumas competências, quando os alunos já conseguem comunicar com alguma fluência (nível A2, B1 e superiores). Para estes alunos, acreditamos que a melhor forma de melhorar as competências é comunicar, é falar, é estar exposto à língua!

TESTE O SEU NÍVEL DE FRANCÊS (3 minutos) – FINAL DESTA PÁGINA!

2 OPÇÕES PARA ESTUDAR A LÍNGUA FRANCESA CONNOSCO

OPÇÃO 1 : AULAS INDIVIDUAIS de FRANCÊS (Pack de horas) – NÍVEIS A1, A2 E B1
Todos os nossos alunos das aulas individuais têm acesso GRATUITO aos materiais (livro em formato PDF) e à nossa plataforma E-Learning.

Com este recursos podem complementar as aulas individuais com podcasts e outras atividades.

Packs de horas:

10 horas: 210€ (21€/hora)
15 horas: 300€ (20€/hora)
10 horas (Grupo de 2 alunos): 300€ (15€ por hora/aluno)

Aula Individual Experimental: 16,99€

Local das aulas: rua do instituto industrial n18 3º direito – Santos
Horários: a definir

CLIQUE AQUI PARA MARCAR A SUA AULA EXPERIMENTAL!

OPÇÃO 2 : CURSO DE INICIAÇÃO (Nível: A1) 

2019

Tipo de curso: Intensivo

Nível: A1.1    –    Número de horas: 30

Dias: segundas e quartas das 19h30 às 21h30

Início: 29-04-2019 | Último dia: 17-06-2019

Número de alunos: 3 a 5

Preço: 299€ (inclui todos os materiais e inscrição)

Morada: rua do Instituto Industrial n18, 3ºdto – Santos

10 SUGESTÕES PRÁTICAS PARA O SEU FRANCÊS

 

  1. Estude um pouco todos os dias
  2. Ouça rádio e veja televisão francesa
  3. Faça cartões com vocabulário
  4. Leia pequenos textos em francês todos os dias
  5. Escreva 3 parágrafos (50 palavras) em francês todos os dias
  6. Ouça música francesa
  7. Registe novas palavras
  8. Fale com nativos
  9. Ensine a língua aos seus amigos
  10. Utilize plataformas eletrónicas de francês

Estratégias para quem ainda não fala Francês…

ARTIGOS (Lisbon language café)
ARTIGO 1 – PORQUÊ APRENDER FRANCÊS?

1. A língua Francesa é falada por 250 milhões de pessoas no planeta
2. O idioma francês é o único idioma falado nos 5 continentes
3. Oitenta estados e governos adotaram o francês como língua oficial
4. O francês é a nona língua mais falada no planeta
5. O Francês é ensinado em todas as partes do mundo
6. Ter a capacidade para Falar francês pode ser um fator diferenciador positivo na procura de trabalho.
7. As pessoas que dominam francês podem trabalhar em países como: França, Bélgica, Canadá e também em alguns países Africanos.
8. Cerca de 550 companhias francesas operam no Brasil
9. A língua Francesa é a língua tradicional nas áreas da gastronomia, moda, teatro, artes visuais, dança e arquitetura.
10. Quem domina o francês tem acesso privilegiado aos clássicos da literatura mundial

ARTIGO 2 – APRENDER FRANCÊS É DIFÍCIL?

Algumas pessoas procurar criar algum tipo de conexão com a língua francesa antes de começarem a estudar a língua.

Este contacto pode ser através de uma música, um filme ou um livro. Este procedimento pode criar a falsa ideia de que o francês é difícil.
Será assim?
A língua de Camus é uma língua melodiosa e romântica e tem parecenças com o nosso idioma. Este facto permite-nos compreender relativamente bem.
A língua francesa é elitista?
Não é o caso. É o 10º idioma mais falado do planeta. É o 2ª língua mais ensinada. Há mais de 250 milhões de falantes no mundo.
Atrás do inglês e o alemão, o francês é a terceira língua mais utilizada on-line. Existem grandes meios de comunicação social que transmitem a sua programação neste idioma. Aqui ficam alguns exemplo:
TV5 monde
Radio France Internationale

Tem fácil associação com o português

Muitas palavras da nossa língua são também utilizadas na língua francesa. Algumas palavras que usamos todos os dias são de origem francesa: batom e bijuteria são dois exemplos.

Mais há mais parecenças: as palavras que terminam em “tion” em francês, no nosso idioma acabam em “cão”. Aqui ficam a demonstração da ideia: action – ação. Há mais de 400 palavras que seguem esta ideia.

Os nativos de português aprendem mais facilmente o francês?

Sim, é um facto. Para um português, aprender esta língua é mais fácil do que para um Inglês.

Porquê? Porque estas duas línguas têm a mesma raiz: o latim. A sonoridade também é mais simples para um português porque os sons da nossa língua estão próximos da língua em causa.

Em suma, aprender francês não é difícil. Ainda assim, você vai ter que dedicar tempo e esforço se pretende atingir a fluência.

Clique AQUI para consultar o nosso REGULAMENTO GERAL.

ARTIGO 3 – Dicas para melhorar o Francês
Dica 1: Imersão na língua.

Quando sugerimos imergir num idioma, estamos a sugerir que leia e fale o máximo possível. Para aqueles que não moram num país onde não falam a língua de França, sugerimos que mude a língua do seu telemóvel e do seu computador. Pode também tentar alguém em frança que queira fazer tandem português-francês consigo!

Existem aplicações que pode utilizar, tais como Hellotalk onde poderás encontrar outras pessoas que te podem ajudar. Tente aproveitar todas as oportunidades para estar exposto à língua francesa. Uma outra dica super útil e super simples de operar para expandir o seu vocabulário: ponha uma etiqueta em todos os objetos da sua casa com a palavra em francês. Veja filmes com legenda em francês, será super útil!

Dica 2: saia da zona de conforto!

Isto significa que tem de mudar as suas rotinas e conhecer novas atmosferas. Tem que estar disposto a enfrentar desafios como: conversar com pessoas novas em francês, fazer amigos em francês, sair com pessoas que só falam francês, comunicar (em francês) em zonas com barulho e com mais do que uma pessoa!

Dica 3: comece com as coisas essenciais

Tentar aprender tudo de início não é uma boa estratégia! Não pode aprender todas as regras, todos os sons, todas as exceções, todos os verbos,… Foque-se no essencial: palavras básicas para o dia a dia e os verbos básicos do idioma. Não se esqueça também do alfabeto (muito similar ao nosso).

Dica 5: Vá para um país de língua francesa!

Se a tua situação pessoal e profissional te permitem ir para um país onde só falam francês, então não hesites e vai! Sair do nosso país durante pelo menos 6 meses vai permitir-te melhorar muitíssimo! Aqui ficam algumas opções para a tua escolha: França, Bélgica, Quebec, Suiça!

Dica 6: Repetir, repetir, repetir!

Para aprender uma nova língua a palavra chave é: REPETIÇÃO! Se não for um génio então prepare-se para repetir palavras até o seu cérebro reter a informação. Estudar um pouco todos os dias é seguramente a melhor solução! 25 minutos por dia serão uma grande ajuda para este processo de aprendizagem! Regularidade é o segredo! Integre este estudo na rotina da sua vida.

Dica 7: Sê paciente (e realista).

Para aprendermos uma língua precisamos de tempo e regularidade. Todas as pessoas precisam de muito tempo para aprender um idioma e os resultados do seu esforço vão chegar e esse momento será recompensador!

Planeia o seu estudo com realismo, seja paciente para não perder a motivação. Ninguém aprende um idioma em semanas ou poucos meses. Todas as pessoas sentem dificuldade nesta viagem!  Ao fim de um mês será Bom se já conseguir conjugar os principais verbos no presente e utilizar vocabulário de sobrevivência (cumprimentos, vocabulário de compras e de turista).

Ao fim de 3 meses tenha como objetivo ter uma conversa simples e básica com um nativo.

6 meses depois deve ser capaz de conversar com um nativo sobre assuntos um pouco mais complexos.

Todas as coisas da nossa vida demoram o seu tempo. Planear, organizar e persistir são a chave do sucesso!

Dica 8: expandir o vocabulário.

Conhecer o vocabulário básico é crítico!  Concentre-se nas palavras de nível A1 e também nas palavras e expressões que vão ser úteis para o seu caso pessoal. Se você vai viver em Paris e vai trabalhar num bar, então deve aprender as palavras chaves deste contexto específico da capital de França. Se vai trabalhar num restaurante não se deve focar no vocabulário específico da área de Economia. Outra dica relevante, aprenda a falar sobre si para poder comunicar frequentemente e para contar a sua história.

Memorize os números. É muito importante para o seu quotidiano num país francófono, especialmente quando chega a hora de pagar! Leia e releia, comece com os números cardinais de 1 a 100. Não esqueça também dos números ordinais entre 1 e 10. Não gaste toda a energia com os verbos. Saber definir as prioridade é outra coisa fundamental.

Nós acreditamos que o grande problema do método de ensino tradicional é exactamente o foco, a energia e o tempo que gastam com a gramática. Falar é fundamental! A gramática deve acompanhar este processo de melhoria da fluência e da comunicação.

Dica 9: Ouvir para melhorar! 

Antes de conseguirmos falar temos que gastar algum tempo a ouvir. É desta forma que conseguimos aprender e evoluir. Ouvir com atenção vai permitir interiorizar os sons, o sotaque. Quanto mais ouvir francês, mais vai conseguir reproduzir os sons!

Dica 10: a pronúncia!

Este é um tema importante. É importante conhecer as palavras mas também é importante pronunciá-las correctamente. Pergunte a um nativo como pronunciar as palavras difíceis! Não tenha medo das correcções, elas são super importantes. Se não tiver um nativo com quem falar experimente as tecnologias e as plataformas E-learning.

Dica 11: escrever!

Ler é diferente de escrever! Escrever vai ajudá-lo muito neste processo de ensino-aprendizagem da língua francesa. Comece com calma, escreva cinco linhas inicialmente e depois vá aumentando gradualmente. Alguns meses mais tarde vai ficar espantado com a quantidade de informação que vai conseguir aprender e consolidar.

Dica 12: As plataformas E-learning podem ajudar-te!

As aplicações do teu telemóvel e os próprios menus podem ajudar-te a aprender novas palavras em francês. Actualmente, existem imensas aplicações que te vão permitir aprender de uma forma simples e divertida. Aplicações como Duolingo ou Anki podem ser importantes ajudas para melhorar o teu vocabulário. A partir de agora pode utilizar todos os seus tempos mortos de uma forma mais útil e interessante!

Artigo 4 – Os diferentes níveis da língua Francesa

Ao aprender a língua francesa com o Lisbon Language café, vai não apenas aprender, melhorar e aperfeiçoar o seu francês mas também vai descobrir muito sobre a cultura francesa através de temas diversos. Relativamente aos diferentes níveis de aquisição de competências, seguimos o seguinte sistema europeu (Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas):

Os nossos materiais, as nossas plataformas electrónicas e os nossos professores vão ajudá-lo nos seguintes níveis de ensino-aprendizagem).

Nível A1 – Francês
  • Vai aprender conceitos básicos e acostumar-se com o o francês
  • Saber cumprimentar e despedir-se
  • Ter a capacidade para conversar sobre os seus tempos livres e as actividades que gosta de fazer
  • Fazer pedidos, propor alguma coisa, aceitar ou recusar coisas
  • Fazer perguntas, dar informação sobre si próprio
  • Ter a capacidade para falar sobre eventos do passado
  • Conversar e descrever uma viagem na língua francesa
  • Explicar algo em Francês
  • Resolver um problema
  • Explanar a sua opinião
Nível A2 – Francês
  • Falar sobre a sua carreira
  • Expressar um pedido, um desejo e uma obrigação
  • Organizar uma recepção
  • Falar sobre os seus projectos
  • Dar uma ordem e conselhos
  • Fazer perguntas em Francês
  • Comentar uma informação
  • Falar sobre a sua saúde e bem-estar
  • Fazer julgamentos
  • Fazer escolhas e comparações
Nível B1 – Francês
  • Falar sobre o tempo e o clima
  • Expressar uma causa e uma condição
  • Expressar certezas e dúvidas
  • Escrever um texto pessoal
  • Descrever uma obra de arte
  • Fazer suposições
  • Falar sobre mudanças na sociedade
  • Destacar argumentos, insistir
TESTE O SEU FRANCÊS (3 minutos)